EZTEC na Mídia

A EZTEC, empresa tradicional em São Paulo, aproveitou o aquecimento do mercado para vender estoques — apartamentos prontos ou em construção.

Chegou a oferecer uma Mercedez C180, avaliada em R$ 110 mil, para quem comprasse uma unidade de mais de R$ 1 milhão pronta. "Vendemos mais de 50% do que oferecemos e aumentamos a visitação nos plantões", diz Emílio Fugazza, diretor de RI da EZTEC.

No trimestre, a empresa vendeu R$ 119 milhões, queda de 19,5% em relação ao ano passado. Segundo o executivo, a queda aconteceu porque a companhia fez um único lançamento no trimestre, de alto padrão em Moema no total de R$ 98 milhões. No ano, as vendas somam R$ 546 milhões, alta de 17% sobre Janeiro a Setembro de 2009.

Para o quarto trimestre, a companhia tem três lançamentos já em fase de pré-vendas, em Santo André, Jundiaí, ambos para classe média alta, e um na Vila Formosa para a classe média. "Essa fase de aquecimento das vendas vai nos garantir preços mais altos", diz. O apartamento de Santo André será lançado a R$ 5 mil o m² em média; o de Jundiaí, a R$ 3,5 mil; e Vila Formosa, a R$ 3,9 mil.

FONTE: Valor Econômico - Daniela D’Ambrosio- 15 de Outubro de 2010