EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - A Coinvalores apresentou seu portfólio de cinco ações recomendadas para os pregões de 1 a 5 de novembro. A corretora espera um período de maior volatilidade para a bolsa, de olho nas especulações sobre o novo afrouxamento quantitativo nos EUA.

De acordo com a corretora, o período "promete ser bem agitado". Por aqui, a Coin ressalta que nesta semana já sabemos o resultado das eleições presidenciais, com a possibilidade de gastos públicos maiores. Além disso, a corretora também dá destaque para a Pesquisa Industrial Mensal.

"No front externo, destacamos a reunião do Fomc (Federal Open Market Committee) onde ocorrerá a decisão da taxa de juros e anúncio do novo afrouxamento quantitativo. As atenções estaão voltadas para este dia, já que com dados marginalmente melhores, os EUA podem anunciar nova medida de expansão de liquidez de menor intensidade. Contudo, tal medida traduz-se em novo fluxo de dólares para países emergentes", analisou a corretora.

Confira as recomendações para esta semana:

Ação Código Preço-alvo
EZTEC EZTC3 Em revisão
Randon RAPT4 R$16,00
Hering HGTX3 Em revisão
AES Tietê GETI4 Em revisão
BR Properties BRPR3 Em revisão

EZTEC

A Coin se mostrou bastante otimista em relação à companhia, que apresentou uma margem Ebitda (relação percentual entre receita líquida e geração operacional de caixa) 7,7 pontos percentuais maior no 3T10 ante 2009. Além disso a corretora avalia que a empresa tem obtido bons resultados por seu enfoque no segmento de média e alta rendas.

Randon

Segundo a Coin, nos resultados do 3T10 da Randon, que devem ser divulgados em breve, existe a expectativa de que a companhia apresente boa evolução das margens em relação ao último ano, com lucro líquido de R$ 68 milhões. A corretora lembrou ainda que as ações da empresa são suas preferidas no setor.

Cia. Hering

Analisando os resultados da empresa no terceiro trimestre, a Coin destacou o desempenho da marca Hering, com crescimento em vendas na rede de lojas e no varejo multimarcas. Além disso, a corretora ressaltou que a companhia segue otimista em relação aos seus próximos trimestres, tendo elevado sua meta de expansão de lojas.

AES Tietê

A Coin destaca que a AES Tietê possui margens estáveis, com baixo endividamento e com investimentos que são apenas para manutenção. "Por isso seus resultados são bem previsíveis e paga um dos mais altos dividend yields do setor de energia, com pay out da ordem de 100%", argumentou a corretora.

BR Properties

O crescimento previsto para o País nos próximos anos deve impulsionar a procura por escritórios, sendo que a oferta dos novos empreendimentos estará menor que a absorção líquida, o que é classificado como positivo às empresas do setor, segundo a Coin. "Além disso, aquisições continuam na pauta da BR Properties que, nos próximos doze meses, deve dispender entre R$ 500 milhões e R$ 700 milhões nesse sentido", destacou a corretora.

FONTE: InfoMoney - Anderson Figo - 01.novembro.2010