EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - A Gradual Investimentos promoveu a retirada dos papéis da Eucatex (EUCA4) e da Suzano (SUZB5) de seu portfólio de ações recomendadas para a carteira compreendida entre os dias 22 e 29 de dezembro, cedendo lugar para a inclusão dos papéis da Randon.

Segundo os analistas, a retirada dos papéis da Eucatex foram motivadas pela recente valorização da ação, atingindo o potencial de valorização estimado anteriormente. Por outro lado, os investimentos na Suzano deixaram de ser levados em consideração, uma vez que a perspectiva para a celulose de fibra curta em uma perspectiva de tempo menor é pouco positiva.

Já a inclusão da Randon é justificada pelo excelente desempenho de vendas em novembro, confirmando o quadro de demanda aquecida no segmento de veículos pesados, que deverá perdurar nos próximos trimestres, afirmam os analistas em relatório.

Setorial

O setor com maior participação na carteira da Gradual, assim como na semana anterior, é o de construção, apesar da redução de 25% do portfólio para 20%. Os setores de mineração e petróleo continuaram com a participação de 15%, ao passo que os investimentos em papel e celulose foram retirados da carteira, dando lugar à uma porcentagem de 10% em bens de capital na carteira recomendada.

Desempenho

Nos últimos sete dias, a carteira recomendada da Gradual registrou desvalorização de 0,47% frente à queda de 0,77% do Ibovespa no mesmo período. No acumulado anual, o portfólio registra alta de 14,84% diante da baixa de 0,55% do benchmark.

Confira a carteira recomendada:

Empresa Código Preço-alvo* Upside** Peso
Petrobras PETR4 R$37,50 46% 15,0%
Vale VALE5 R$60,50 20,0% 15,0%
Lojas Americanas LAME4 R$20,00 33,0% 10,0%
Eternit ETER3 R$13,00 17,0% 10,0%
EZTEC EZTC3 R$16,00 20,0% 10,0%
Cielo CIEL3 R$20,00 49,0% 10,0%
BR Foods BRFS3 R$30,00 10,0% 10,0%
Randon RAPT4 R$15,10 20,0% 10,0%
Cremer CREM3 R$23,00 30,0% 5,0%
Gerdau Met GOAU4 R$38,00 37,0% 5,0%

* Preço-alvo para 12 meses

**Potencial de valorização em relação ao fechamento de 21 dezembro

FONTE: InfoMoney - 22.dezembro.2010