EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - A Banif divulgou sua carteira recomendada para abril realizando importantes alterações: a saída de Eletropaulo (ELPL4), MRV (MRVE3), PDG Realty (PDGR3) e Telesp (TLPP4) para entrada de Even (EVEN3), EZTEC (EZTC3) e Tractebel (TBLE3).

Resumindo o mês anterior, a corretora destaca o cenário internacional conturbado, com a crise geopolítica no Oriente Médio e norte da África e o desastre natural no Japão. Além disso, os olhos se voltaram para a Europa, após a queda do primeiro ministro português e a situação fiscal delicada pela qual passa o país.

O portfólio foi ajustado para capturar possíveis ganhos. A Eletropaulo saiu da carteira pois a questão dos dividendos já "ficou para trás". Já a redução de margens anunciadas por MRV e PDG Realty foi responsável pela exclusão das ações. Por fim, a Telesp não permaneceu no portfólio de abril por conta do bom desempenho passado e a falta de catalisadores de curto prazo, segundo a corretora.

Perspectivas para o mês

No relatório assinado por Oswaldo Alcântara Telles Filho, o analista da corretora avalia que o cenário internacional deve melhorar, apoiado basicamente por dois motivos. O primeiro é pela natureza não recorrente do desastre no Japão e o segundo diz respeito aos sinais de recuperação econômica que se intensificam nos EUA, Europa e na China.

No Brasil, o foco continua sendo a inflação. Analisando o cenário doméstico, Telles Filho ressalta que as medidas do BC não foram suficientes para conter a alta dos preços até agora. A expectativa da corretora é de mais um aumento na taxa de juro de 50 pontos base, levando-a para 12,25% ao ano. Além disso, o analista dá grande importância para as intervenções do governo, afirmando que o humor do mercado dependerá de suas ações.

Confira a carteira recomendada para abril:

EMPRESA CÓDIGO PESO (%)
Bradesco (BBDC4) 10,0%
Even (EVEN3) 6,0%
HRT (HRTP3) 6,0%
Lojas Americanas (LAME4) 6,0%
Lojas Renner (LREN3) 6,0%
EZTEC (EZTC3) 6,0%
Tractebel (TBLE3) 10,0%
Petrobras (PETR4) 20,0%
AES Tietê (GETI4) 10,0%
Vale (VALE5) 20,0%

FONTE: InfoMoney - 04.abril.2011