EZTEC na Mídia

Há um otimismo de tom bastante moderado nos cenários divulgados nesta semana por corretoras de valores para o mês de maio.

O turbulento cenário internacional, e as preocupações com a alta da inflação doméstica, impedem apostas mais entusiasmadas na recuperação da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), que segue "travada" pela saída maciça de capital estrangeira (saldo negativo acima de R$ 3 bilhões nesse quadrimestre).

"Após a ata da última reunião do Copom (...), o BC indicou mais força para combater a inflação, dessa vez através de aumento nos juros, ao em vez de indicar grande adoção de medidas ‘macroprudenciais‘. Caso esse movimento realmente aconteça, existirá uma ‘luz no fim do túnel‘ paa o fluxo estrangeiro começar a voltar para o positivo, o que poderá abrir espaço para a valorização do nosso índice", comenta a área de análise da Um Investimentos.

Outras corretoras apostam que as perdas recentes deixaram a Bolsa de Valores "barata" e, portanto, mais propensa a um desempenho positivo em maio. "Acreditamos que a despeito dos fatores acima mencionados [tensão no Oriente Médio, inflação no Brasil], o índice Ibovespa, no momento, está descontando em relação aos outros mercados", comentam os especialistas da Planner Corretora.

Esses relatórios foram fechados antes do mundo tomar conhecimento da notícia sobre a morte de Osama Bin Laden, líder da rede terrorista Al Qaeda. Por enquanto, analistas têm comentado que o impacto desse evento para os mercado tende a ser de longo prazo.

RECOMENDAÇÕES

Assim como ocorreu com as ações da Petrobras lá atrás, os papéis da mineradora Vale perderam a unanimidade entre os profissionais das corretoras de valores. Ainda assim, continuam presença constante nas carteiras recomendadas por esses especialistas.

Assim, as ações da mineradora encimam a lista de dicas da Planner para maio, junto com as ações da OGX, Localiza, Duratex, Itaú-Unibanco, Copel, Tovs, M.Dias Branco, AES Eletropaulo, CSN, Random e Petrobras.

Vale, Itaú e OGX também fazem parte da lista de ações recomendações pela Link Investimentos, que também indica os papéis da AES Tietê, Ambev, CCR, Cosan, Metalúrgica Gerdau, Pão de Açúcar e Suzano Papel e Celulose.

Os papéis da gigante do varejo Pão de Açúcar e da mineradora ainda frequentam a lista de ações sugeridas pela Socopa, junto com Banco do Brasil, OHL e Duratex.

A Um Investimentos é uma das poucas a juntar as ações da Vale e da Petrobras na mesma recomendação, listando ainda as ações do Itaú-Unibanco, Braskem, BM&FBovespa, BRFoods, Cemig, EZTEC, Hypermarcas e Ecorodovias.

Os papéis da Petrobras e da BM&FBovespa também constam da lista de ações recomendadas pela corretora TOV para maio, que cita ainda CSN, OGX, Redecard, Oi e PDG Realty.

FONTE: Folha.com - Folha.com - 03.maio.2011