EZTEC na Mídia

São Paulo - As ações da construtora e incorporadora EZTEC (EZTC3) apresentam um prêmio em comparação às demais companhias do setor imobiliário, principalmente por conta dos “altos níveis de lucratividade, do baixo risco de execução dos projetos e do resultado corporativo confortável”, avalia a equipe de pesquisa do Itaú BBA.

Em início de cobertura das ações da companhia, os analistas David Lawant e Vivian Salomon atribuíram um preço-alvo de 26,30 reais para os papéis da empresa até dezembro de 2011, o que representa um potencial de valorização de 57,48% frente à cotação de 16,70 reais vista no fechamento do último pregão. A recomendação é de performance acima da média do mercado (outperform, em inglês).

Em relatório, a equipe do Itaú BBA afirma que os papéis da companhia apresentam um prêmio de 33% diante do preço sobre o valor contábil ajustado. Já em relação aos múltiplos de preço sobre lucro, as ações da companhia estão “sendo negociadas aproximadamente em linha com a média do setor”, afirmam.

“Acreditamos que as margens sólidas da companhia e o crescimento dos lançamentos nos próximos anos, além do potencial de geração de fluxo de caixa, são fatores que podem impulsionar o valor das ações”, estimam os analistas.

Os papéis da EZTEC acumulam uma valorização de aproximadamente 20%, enquanto o IMOB (índice que acompanha as ações do setor) tem queda de 6% no mesmo período.

FONTE: Exame.com - Marcel Salim - 06.junho.2011