EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - Construtoras e fabricantes de veículos não consideram as promoções como "queima de estoques". Eles alegam que as promoções fazem parte das campanhas habituais da companhia.

A construtora EZTEC, por exemplo, na virada de setembro para outubro deu desconto de 8,4% sobre uma lista de apartamentos e salas comerciais. Segundo o diretor de Relações com Investidores, Emílio Fugazza, essa promoção não é algo novo para a empresa. "Todo ano, mais ou menos nessa época, damos algum tipo especial de desconto."

O motivo da promoção, diz, não é desencalhe de estoques, mas vender unidades que restaram e que o custo de mantê-las aguardando uma venda normal não é vantajoso.

A Gafisa é outra construtora que iniciou em meados deste mês uma campanha para vender cerca de 20 empreendimentos, de duas a sete unidades cada, em fase de construção ou prontos, com descontos de até 30%.

Segundo a gerente nacional de marketing da construtora, Erika Fugiwara, é a primeira vez que a empresa faz uma promoção desse tipo. "Selecionamos algumas unidades de cada empreendimento que temos em estoque e colocamos com os preços do metro quadrados de anos atrás, sem adicionar a valorização de mercado. " A Even informa, por meio de sua assessoria, que, no seu caso, os descontos chegam a 36% para mais de 30 empreendimentos ofertados até o dia 15.

Na análise do vice-presidente de habitação do Secovi-SP, Flávio Prando, houve um "freio de arrumação" na economia e a velocidade de vendas diminuiu. Com a aproximação do fim do ano, as empresas do setor listadas em Bolsa optaram por estratégias ousadas para acelerar vendas e cumprir as metas.

Na GM, que vai sortear viagens para quem compra carro zero, o diretor de marketing de comunicação, Frederico Themoteo Jr., diz que, no passado, já foi feito esse tipo de promoção. Hoje, segundo ele, os estoques estão "aceitáveis" e o mercado está muito competitivo.

FONTE: O Estado de S.Paulo - Márcia De Chiara - 12.novembro.2011