EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - Depois de atingir o escopo da meta entre R$ 1 bilhão e R$ 1,2 bilhão em lançamentos para 2011, a EZTEC (EZTC3) continua confortável para atingir seus guidances, segundo analistas. Para o Itaú BBA, por exemplo, o dado de R$ 1,16 bilhão em valor geral de vendas até novembro já está acima das próprias estimativas da corretora, que eram de R$ 1,13 bilhão.

David Lawant e Enrico Trotta, da corretora, preveem que as projeções de margens também serão atingidas. Nos nove primeiros meses do ano, a margem bruta foi de 50%, contra 40% esperados pela empresa, enquanto a líquida foi de 44%, frente a 30% de objetivo.

A equipe da Planner, por sua vez, lembra que a construtora já anunciou o empreendimento Gran Village em São Bernardo, região metropolitana de Sâo Paulo. Essa nova unidade terá três torres residenciais e um VGV total de R$ 167,1 milhões, sendo 100% controlado pela imobiliária.

Companhia é top pick

O Itaú afirma que esse resultado já estava dentro das expectativas. Isso porque a EZTEC era, desde o começo, uma das apostas principais dentro do setor, por causa de suas taxas robustas de execução e indicadores financeiros interessantes. A ação ainda é negociada a múltiplos maiores do que a média da construção civil na bolsa.

A avaliação de Lawant e Trotta é de performance acima do mercado para a companhia, tendo preço justo de R$ 25,60, garantindo um potencial teórico de valorização de 67,87%, contra a cotação apresentada em 21 de dezembro.

Para a Planner, a EZTEC de fato é a top pick entre as incorporadoras, mas o preço-alvo para suas ações é menor, de R$ 20. Nesse caso, o upside projetado chega a 31,15%.

FONTE: InfoMoney - Renato Rostás - 22.dezembro.2011