EZTEC na Mídia

SÃO PAULO - Após o ano de 2011 ter sido marcado por uma sequência de fatos negativos que abalaram as bolsas mundiais e também o ibovespa, a Planner Corretora estima que para este ano, a bolsa de valores tenha dois momentos distintos, principalmente devido aos desdobramentos e negociações em relação à crise da dívida soberana na Zona do Euro.

Segundo a equipe da corretora, em um primeiro momento, o mercado aguardará a formalização de compromissos por parte dos países envolvidos na crise, uma vez que nos meses de janeiro e fevereiro acontecerão novas rodadas de negociações. No front doméstico, nos dois primeiros meses do ano, o mercado deve seguir mais lento, aguardando os resultadoscorporativos de 2011.

"Sem razões fortes para atrair fluxo, acreditamos que o volume negociado ainda permanecerá nos níveis de 2011 neste começo de ano, fazendo com que ainda predominem as operações de curto prazo", afirma a equipe de análise da corretora.

Bolsa deve ficar em 72 mil pontos

Para a equipe da Planner, um melhor momento para a bolsa se inicia a partir dos meses de maio e junho, quando as decisões relativas à Zona do Euro terão sido tomadas e os compromissos dos países endividados assumidos. "Não acreditamos que as lideranças da região continuarão inertes, deixando o barco à deriva", afirma a Planner. Por sua vez, a equipe tem uma expectativa favorável para a economia norte-americana, que já mostra indicadores mais consistentes nos últimos meses.

No Brasil, a expectativa por alguns dos principais indicadores econômicos (PIB, inflação, taxa de juros) pode frustrar as previsões iniciais. Por isso, a Planner acredita que "o governo continuará adotando medidas de incentivo e desoneração a alguns setores da economia, o que poderá compensar alguma fraqueza no meio do caminho".

Diante disso, a corretora espera que para este ano o Ibovespa fique em 72 mil pontos, o que representa uma valorização potencial de 26,9% em relação ao fechamento de 56.754 pontos em 2011.

Confira o portfólio da Planner para 2012:

A corretora elaborou uma sugestão de portfólio composto por dez ações, com potencial de valorização acima do Ibovespa, levando em conta: setor de atuação, liquidez, governança corporativa, política de dividendos, qualidade de resultados, potencial de crescimento e múltiplos atrativos.

Empresa Código
ALL Logística ALLL3
Cemig CMIG4
Cesp CESP6
Cia. Hering HGTX3
EZTEC EZTC3
Iochpe Maxion MYPK3
Itaú Unibanco ITUB4
OGX OGXP3
Telefonica Brasil VIVT4
Vale VALE5

Portfólio de dividendos:

Empresa Código
Cemig CMIG4
Cesp CESP6
Redecard RDCD3
Telefonica Brasil VIVT4

FONTE: InfoMoney - Edilaine Felix - 04.janeiro.2012