EZTEC na Mídia

20/05/2018, por Barbara Liborio, Folha de S.Paulo

https://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/morar/2018/05/1969042-nova-estacao-de-trem-aquece-lancamentos-em-guarulhos.shtml

Nova estação de trem aquece lançamentos em Guarulhos

Inaugurada há dois meses, a estação de trem da Linha 13-Jade da CPTM que conecta o aeroporto internacional deGuarulhos a São Paulo deve movimentar o mercado imobiliário da região.

Construtoras apostam na valorização dos imóveis do entorno da nova estrutura, em especial daqueles que ficam no bairro do Parque Cecap.

A nova opção de locomoção já faz parte da estratégia de vendas da Eztec, que lançou sete empreendimentos na cidade nos últimos cinco anos.

"Ainda não podemos dizer que houve fluxo de venda apenas por esse motivo, mas agora há essa opção. Guarulhos é grande, então ter mais uma nova estação é uma vantagem", diz Alexandre Tagawa, publicitário da Eztec.

A construtora entregou no ano passado o Cidade Maia, com apartamentos que vão de estúdios de 30 metros quadrados até plantas com quatro suítes e 154 metros quadrados. Os preços partem de R$ 237 mil.

"A cidade tem um público itinerante por causa do aeroporto. Temos muitos pilotos e aeromoças que compram os modelos de apartamentos menores", explica Tagawa.

A construtora M&F, que atua na cidade, também prevê a valorização dos entornos do aeroporto, segundo o gerente de vendas Edivaldo Santos.

A empresa lançou em março o Concept Vivacqua, na Vila Galvão. O condomínio terá 65 apartamentos de 37 a 55 metros quadrados, vendidos por preços a partir de R$ 207 mil.

No próximo semestre, a construtora deve anunciar mais um lançamento nas proximidades.

A Vila Galvão é um dos bairros que mais crescem em Guarulhos. Nos últimos cinco anos, 10 dos 84 empreendimentos novos da cidade estão nessa região, segundo levantamento do Grupo Zap VivaReal. Pede apenas para o Picanço, com 12.

Ao todo, a cidade recebeu 16.217 novos apartamentos entre 2013 e 2017, segundo o levantamento. A maioria (79%) com dois dormitórios, voltada a demanda de casais.

"Em Guarulhos, há muita procura por parte de pessoas de classe média baixa que estão começando a constituir uma família, pagam entrada e conseguem fazer a parcela caber no orçamento", afirma Cristiane Crisci, gerente de inteligência de mercado do Grupo ZAP VivaReal.

Não à toa os empreendimentos compactos, com unidades que têm menos de 50 metros quadrados, representam apenas 5% dos lançamentos em Guarulhos no período. Na cidade de São Paulo, esse mesmo índice alcança os 24%.

"O valor por metro quadrado em São Paulo é muito maior. Em Guarulhos, as famílias têm condições de viver em um condomínio completo e por um preço bem menor -e isso faz toda a diferença", compara Fernanda Dutra,que é do do departamento de marketing da Tibério.

A construtora tem seis empreendimentos na região. O mais recente deles, entregue em 2016, é o HomeClub Guarulhos, com 400 apartamentos de dois ou três dormitórios. As metragens dos imóveis variam de 50 a 64 metros quadrados e os preços partem der R$ 260 mil.

As famílias são o público-alvo também da construtora Vegus, que deve lançar em breve o residencial The Brick, no bairro da Vila Augusta.

Com entrega prevista para 2021, o condomínio terá 408 apartamentos, com medidas que vão de 69 a 100 metros quadrados e valores a partir de R$ 440 mil.

A construtora, que atua na região desde 1997, ainda é responsável pelo Forever Resort, localizado na Vila Barros, com 306 apartamentos, de 60,6 a 73,7 metros quadrados, vendidos a partir de R$ 321 mil.