EZTEC na Mídia

A primeira prévia da carteira teórica do Índice Bovespa da BM&FBovespa, que vigorará de 1º de setembro a 31 de dezembro de 2010, totalizou 66 ativos de 60 empresas, com base no fechamento do pregão de 30 de julho de 2010 e incluindo as Units do Santander BR.

Os cinco ativos de maior relevância na composição do índice foram: Vale PNA (10,804%), Petrobras PN (9,951%), BMFBovespa ON (3,913%), Itauunibanco PN (3,877%) e OGX Petróleo ON (3,409%).

Em 3 de maio deste ano os que tinham maior peso na composição da carteira do Ibovespa eram: Petrobras PN (11,018%), Vale PNA (10,766%), BMFBovespa ON (4,328%), Itauunibanco PN (4,072%) e Gerdau PN (3,502%).

Nas primeiras prévias dos outros 12 índices calculados, no IBX 100, entraram Amil 3, BR Brokers ON, Even 3 e Santander Unit, saindo Minerva ON, Panamericano PN e SLC Agrícola ON. No IBX 50 foi inserida Santander Unit e não saiu nenhuma. Em Icon saiu Tempo Part ON e não saiu nenhuma.

O IEE e Itag se mantiveram sem alterações. Em IGC, nenhuma inclusão e saiu Br Propert ON. No IFNC entrou Itauunibanco ON e não saiu nenhuma. O Imob continuou sem entrada e saiu CC Des Imob ON. Para INDX entrou Cyrella Realt ON e EZTEC ON, mas não saiu nenhuma.

No Itel foi inclusa Vivo ON, sem saídas. Para o IVBX2 foi inclusa BR Malls PAR ON e não saiu nenhuma. No MLCX entraram PDG Realt ON, MRV ON, Lojas Renner ON, Porto Seguro ON e Itauunibanco ON, saindo MMX Miner ON. Dentro de SMLL foram inclusas Cetip ON, Cia Hering ON, MMX Miner ON e Temp Part ON, saindo Abnote ON, CC Des Imob ON, Celesc PNB, Comgas PNA, Lojas Renner ON, MRV ON, PDB Realt ON e Porto Seguro ON.

A BM&FBOVESPA informa regularmente três prévias das novas composições - quando faltam 30 dias, 15 dias e um dia para a entrada em vigor da nova carteira do quadrimestre. Já a metodologia dos índices MidLarge Cap e Small Cap define as ações integrantes faltando uma quinzena para a vigência da nova carteira. A Bolsa pode, entretanto, antecipar a difusão das prévias ou mesmo ampliar seu número.

O Ibovespa é composto pelos ativos que, no último ano, apresentaram índices de negociabilidade, participação no volume financeiro e presença em pregão em níveis que atenderam aos critérios estabelecidos em sua metodologia de cálculo. Já o IBrX-50 e IBrX - Índice Brasil, com metodologia adotada internacionalmente, são compostos pelas 50 e 100 ações mais negociadas na BM&FBOVESPA, respectivamente, ponderadas pelo valor de mercado da empresa.

MidLarge Cap e Small Cap medem o retorno de ações de empresas a partir do critério de valor de mercado. Para conhecer as metodologias dos demais índices, acesse www.bmfbovespa.com.br, itens Mercados / Ações / Índices.

FONTE: Executivo Financeiros - 02 de Agosto de 2010