EZTEC na Mídia

Construtora não descarta oportunidades de compra de terrenos ou de outras empresas

São Paulo - A EZTEC encerrou o primeiro semestre de 2010 com 66,9% do seu guidance de lançamentos para 2010 completo. No período, a empresa lançou um total de 535,2 milhões de reais - 48,1% superior ao primeiro semestre de 2009. A expectativa da empresa para 2010 é de 700 milhões a 900 milhões de reais. O volume lançado supera em 5,8% o total lançado em todo o ano de 2009.

A empresa está atenta às novas "oportunidades", segundo Silvio Ernesto Zarzur, vice-presidente executivo e diretor operacional. "Estamos olhando tudo, absolutamente tudo", afirmou em teleconferência de resultados realizada hoje (5/7). "Pode ser um terreno grande, uma aquisição dentro da estratégia da empresa, a gente está olhando tudo para fazer o melhor negócio para a empresa", disse Zarzur.

São Paulo

As aprovações de obras pela prefeitura estão mais difíceis, segundo a EZTEC. Por isso, ela mantém um número elevado de projetos em fase de aprovação - uma "válvula de segurança". A empresa submete cerca de 20% a 30% de projetos além do número que precisa para alcançar seu guidance. A elevação no preço dos terrenos em São Paulo está sendo acompanhada pelo aumento no preço de venda, segundo a empresa..

Do custo de aquisição dos terrenos, 87,7% já foi pago - há 32 milhões de reais a pagar. Do total de terrenos, 37% estão alocados para médio padrão; 32% para comercial; 14% para médio-alto; 13% para econômico; 2% para alto e 2% para super econômico.

Resultados

As vendas contratadas (participação EZTEC) atingiram o recorde de 252,8 milhões de reais no segundo trimestre de 2010, um crescimento de 2,1% em relação ao mesmo de 2009. No semestre, as vendas contratadas totalizaram 426,9 milhões de reais, um crescimento de 34,5% em relação ao primeiro semestre de 2009. O banco de terrenos totalizou 3,5 bilhões de reais no final do segundo trimestre de 2010.

A receita líquida no segundo trimestre foi de 160 milhões de reais - crescimento de 21,2% em relação ao mesmo trimestre de 2009. No semestre, o total de receita líquida foi de 300,9 milhões de reais, um crescimento de 27,2% quando comparado ao primeiro semestre de 2009. O lucro líquido do semestre foi de 102,8 milhões de reais.

FONTE: Portal EXAME - Beatriz Olivon - 05.agosto.2010